O POTENCIAL DA NUTRIÇÃO NA FERTILIDADE

O poder da nutrição vai muito além do engordar e emagrecer, e sabendo que a única fonte de nutrientes, energias e “combustível” do nosso organismo é o alimento, não podemos desconsiderar sua importante e efetiva participação na fertilidade, fecundação, gestação e todo o processo que envolve esse verdadeiro milagre da Vida!

Com a diminuição na taxa de fertilidade da população mundial e o aumento pela procura por tratamentos que melhorassem essa condição, o número de pesquisas na área também evoluiu. Os resultados dessas pesquisas têm demonstrado que, enquanto a privação alimentar e a desnutrição são as maiores causas de doença e morte em países subdesenvolvidos, o baixo peso e a obesidade são os problemas nutricionais que mais parecem interferir na saúde do sistema reprodutor em países desenvolvidos.

Diferentes estudos afirmam que o baixo peso (IMC menor que 17 kg/ m2) e as condições de sobrepeso ou obesidade em mulheres (IMC maior que 25 kg/m2) estão associados a um aumento da infertilidade ou a desfechos gestacionais indesejados.

Esses extremos podem ocasionar alterações no funcionamento do sistema reprodutor e interferir negativamente na saúde reprodutiva do ser humano. Distúrbios hormonais, desequilíbrios entre nutrientes, resistência à insulina, dificuldade ou ausência de ovulação e alteração da quantidade ou qualidade dos espermatozoides são algumas das consequências do estado nutricional inadequado que podem aumentar o tempo ou impedir que uma gestação ocorra de forma natural.

Outros fatores também podem estar relacionados com o tempo para alcançar a gestação, como o tabagismo, o consumo excessivo de álcool e cafeína e a prática inadequada de atividade física.

Sendo assim, é importante que para o sucesso da fertilidade do casal ambos os parceiros tenham uma condição física ideal, para que a gestação aconteça de forma segura e saudável.

Gostou dessa matéria?

Share on facebook
Compartilhe no Facebook
Share on twitter
Compartilhe no Twitter
Share on linkedin
Compartilhe no Linkdin
Share on pinterest
Compartilhe no Pinterest
Share on whatsapp
Compartilhe no Whatsapp
Share on telegram
Compartilhe no Telegram

deixe um comentário

Fechar Menu